Loading...
Dossie_CQM Created with Sketch.

Dossiês recentes

Capítulo 13

Xenofobia

Mais pontes e menos muros.

Separar nações e seus territórios foi a forma que encontramos para organizar melhor a vida em sociedade. Mas até quando essa divisão radical pode ser saudável?

 

Total capturado: 1.784 menções

Na história, podemos revisitar incontáveis casos de êxodos e migrações que foram importantíssimos para diversas culturas e países. O Brasil, por exemplo, tem em sua essência a diversidade de culturas que se misturaram por aqui.

Ainda assim, mesmo no Brasil, um país multicultural, a xenofobia existe.

Em 2017, acompanhamos o drama do povo sírio tentando fugir de qualquer maneira de uma guerra sem fim e, lamentavelmente, sendo alvo de xenofobia, principalmente na Europa. Ou ainda a xenofobia persistente com nordestinos no Sudeste do Brasil. A xenofobia pode surgir com as mais diversas máscaras, mas, no fim das contas, a coisa toda se resume em: preconceito, ignorância e, principalmente, crueldade.

Sentimentação

 
As menções sobre xenofobia também tiveram maioria de comentários negativos, somando 50,3%. Os comentários neutros ficaram com 37,5%. Apenas 12,2% foram de comentários positivos. Números mais amenos do que os de 2016, que contou com 84,8% de menções negativas.

Gênero

 
Os homens foram maioria nos comentários sobre xenofobia, somando 62,9%. O público feminino ficou com 37,1%.

Mapa do Brasil

 
A maior parte das menções ficou concentrada no Estado de São Paulo, seguido por Rio de Janeiro e Minas Gerais. Vale destacar que xenofobia e política foram os dois únicos temas em que São Paulo obteve mais menções que o Rio de Janeiro.

Tipos de menções

 
As opiniões sobre xenofobia ficaram em primeiro lugar nos tipos das menções, com 40,6%. Os compartilhamentos ficaram com 35,4%, depoimentos com 12,7% e notícias com 11,3%. O número maior de notícias, comparando-se com os outros tipos de intolerância, está diretamente relacionado à caravana do ex-presidente Lula pelo Nordeste, o que fez com que muitas pessoas compartilhassem matérias para exprimir suas opiniões com um viés xenofóbico contra a região.

Visível x Invisível

 
Os comentários visíveis foram maioria, com 55,9%, enquanto os invisíveis somaram 44,1%.

Abstrato x Real

 
As menções abstratas ficaram com a grande maioria do total capturado, com 84,7%. As reais ficaram com 15,3%.

Grafo de conexões

 
O grafo dá conta das conexões entre usuários que utilizaram os termos relacionados ao tipo de intolerância analisado. Assim, é possível ver como o tema aparece nas redes e quem são os principais influenciadores. Cada ponto é uma pessoa em uma determinada rede e as cores indicam cada cluster. Para analisar as conexões e cada usuário, clique no grafo.

Nuvem de termos

 
A nuvem de termos mostra quais as palavras com maior repetição nos comentários.

Exemplos de intolerância coletadas nas redes